5 Técnicas de estudo para concursos públicos

Técnica de estudo 1: Faça seu próprio resumo sobre a matéria

Especialistas dizem que uma boa forma de reter conteúdo é ler parte da sua apostila e, em seguida, produzir seu próprio resumo explicando o conteúdo. Essa técnica fornece triplo benefício: você precisará estudar com muita atenção para preparar sua “aula resumida”, fará um ótimo exercício de síntese e memorização ao escrevê-la, e ainda, conseguirá futuramente revisar os pontos mais importantes rapidamente

Técnica de estudo 2: Faça mapas mentais

Bastante popular e infalível, um mapa mental é um diagrama que se elabora para representar ideias ou outros conceitos que se encontram relacionados com uma palavra-chave ou uma ideia central (pode ser um desenho engraçado que te lembre a informação). Essa técnica de estudo contém informações relacionadas entre si, utilizando-se de frases curtas e objetivas e também desenhos que servem como “gatilhos” para a sua memória.

Por exemplo:

Técnicas de estudo

 

Além disso, se você não gosta de estudar de modo tradicional com o  papel físico, você pode utilizar a plataforma do google especialmente criada para esse fim, chamada “coogle” (para ter acesso clique aqui: https://coggle.it/)

 

Técnica de estudo 3: Resolva muitos exercícios com estratégia e planejamento

Talvez seja a técnica mais famosa, porém uma das menos utilizadas, pois o candidato não pode simplesmente fazer exercícios, muitas vezes assinando sites especializados, sem analisar objetivamente o que a banca costuma cobrar, e como a disciplina e o assunto são cobrados, pois com a enorme quantidade de assuntos que os concursos públicos trazem hoje em dia, não há como passar em um concurso sem traçar um plano estratégico.

Técnicas de estudo

Técnica de estudo 4: Participe de um grupo de estudos

Normalmente uma solução interessante para candidatos com dificuldades de concentração. São pessoas que se encontram regularmente para discutir e aprofundar assuntos de interesse comum, geralmente de forma autônoma e cooperativa, pois é sempre bom ter pessoas com os mesmos objetivos e pretensões, ajudando, inclusive, a manter o candidato no foco e a esclarecer dúvidas.

Técnicas de estudo

Técnica de estudo 5: Intercale  suas sessões de estudo

O ideal é fazer intervalos regulares de 5 a 10 minutos para cada 30 ou 40 minutos de estudos, para  mexer e descansar  o corpo e  mente. Também é necessário intercalar as disciplinas entre si. Além de sobrecarregar menos o seu cérebro, a divisão da sessão em blocos temáticos fará com que você permaneça mais tempo estudando.

Pode parecer estranho, mas uma das coisas mais importantes que um bom concurseiro pode fazer é ter boas noites de sono:

Técnicas de estudo

Um estudo recente da Universidade de Lübeck, na Alemanha, mostrou que dormir está intimamente associado ao aprendizado, pois favorece a consolidação na memória de novas informações adquiridas. Segundo os pesquisadores, essa consolidação é um processo ativo que ocorre com a ajuda de neurotransmissores e neuro hormônios secretados durante o sono.